Fábio Barbosa | A sustentabilidade é irreversível

Tempo de leitura: < 1 minuto

Os critérios ESG de sustentabilidade (do inglês Environmental, Social and Governance) vieram para ficar, diz Fábio Barbosa na entrevista de hoje ao VirtùNews. Para o economista, é urgente a mobilização da sociedade em torno da construção de uma nova narrativa para a questão ambiental no Brasil. E garante: sustentabilidade é um investimento rentável.

Tema central do Fórum Mundial de Davos em 2020, a pandemia acelerou a questão da governança no mundo. Hoje os critérios ESG são um movimento da sociedade como um todo. Jovens investidores querem saber como seu dinheiro será usado; talentos do mercado profissional querem conhecer a quem dedicam tempo e força de trabalho; empresários se mobilizam para cobrar o governo na a questão ambiental. 

Fábio fala sobre rastreabilidade e ilegalidade e também sobre o pioneirismo do etanol como energia mais limpa. Para o economista é urgente a mobilização da sociedade para a construção de uma nova narrativa para o Brasil na questão ambiental. E garante: sustentabilidade é investimento rentável.


Fábio Colletti Barbosa é ex-presidente do Santander Brasil, da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e do grupo Abril. Fábio Barbosa atuou também na Nestlé, no Citibank e na filial brasileira do The Long Term Credit Bank of Japan. O executivo é formado em administração de empresas pela Fundação Getúlio Vargas e tem MBA pela no International Institute for Management Development, da Suíça. Foi também professor da FGV na área de Mercado de Futuro e Derivativos.

Compartilhe conhecimento
Tempo de leitura: < 1 minuto
Curadoria
 

Seleção diária de artigos para enriquecer a discussão da agenda positiva do País

23/10 SEXTA

  1. NO ESTADÃO. Artigo de Marina Medeiros. Análise: Serviços de qualidade dependem de políticas públicas baseadas em evidências. Este é o caminho para que gestores públicos mitiguem as dificuldades, riscos e custos e consigam garantir o acesso à serviços públicos de qualidade à população.
  2. NO VALOR. Sylvia Coutinho. O país das finanças verdes? Limitações de recursos naturais, mudanças de clima e questões sociais são potenciais riscos à retomada econômica.
  3. NO VALOR. Edvaldo Santana. O desequilíbrio estável. Entre 2012 e 2020 foram editadas 17 MPs para o setor elétrico, mais de duas leis por ano.
  4. NO VALOR. Entrevista com Alejandro Werner, diretor do departamento para o Hemisfério Ocidental do FMI. Teto é essencial, mas tirar todo apoio fiscal pode afetar retomada.
  5. NA FOLHA.Artigo de opinião. Ensaio de privatização. Governo anuncia estudo para vender os Correios, mas inoperância é obstáculo
  6. NO ESTADÃO. Elena Landau. ‘Me chame pelo meu nome’. PEC do Amanhã se resume a uma reforma administrativa do ‘poder executivo civil’.
  7. NA FOLHA. Djamila Ribeiro. O Brasil é um país ou um abatedouro de mulheres? Artigo sobre os dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública.

Receba a curadoria todos os dias em seu email

Compartilhe conhecimento