Priscila Cruz | O impacto da pandemia na educação e o futuro do Fundeb

Tempo de leitura: 2 minutos

VirtùNews entrevista Priscila Cruz, presidente-executiva do ‘Todos pela Educação’. Priscila comenta sobre o desafio imposto pela pandemia: planejar a educação presencial e o ensino remoto em um país desigual como o Brasil, onde a conectividade não atende a todos e no qual apenas 32% das instituições de ensino têm esgoto tratado.

Priscila reforça a importância da articulação entre governadores para o fortalecimento das políticas públicas na educação. Para a administradora, o momento é estratégico e o planejamento é fundamental para evitar as graves consequências da evasão escolar, acentuada pela pandemia. A conversa termina com a expectativa de Priscila para o Fundeb e a PEC do Fundeb.

O IMPACTO DA PANDEMIA NA EDUCAÇÃO E O FUTURO DO FUNDEB

00:00 Introdução
00:12 Educação presencial e ensino remoto em um país desigual
03:38 O aumento da desigualdade e evasão escolar
04:21 Educação, crescimento econômico e segurança pública
07:47 O planejamento e a reabertura das escolas
10:21 É preciso dar mais para quem mais precisa
12:38 A necessária articulação entre governadores
15:35 A sequência de políticas públicas na educação
18:35 Próximos passos para o Fundeb e a PEC do Fundeb

Presidente-executiva e co-fundadora do Todos Pela Educação, Priscila é mestre em Administração Pública pela Harvard Kennedy School of Government e graduada em administração de empresas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV-SP) e em Direito pela Universidade de São Paulo (USP).Priscila também é presidente do Conselho do Instituto Articule e membro dos Conselhos do Departamento de Pesquisas Judiciárias do Conselho Nacional de Justiça (DPJ/CNJ), do Museu de Arte Moderna – MAM de São Paulo, da Fundação Itaú de Educação e Cultura, do Instituto Singularidades, do Centro de Estudos de Educação e Inovação em Educação da FGV/RJ e do Instituto Rodrigo Mendes; sou também membro do Grupo de Estudos de Educação do Instituto de Estudos Avançados da Unicamp.

Compartilhe conhecimento
Tempo de leitura: 2 minutos
Curadoria
 

Seleção diária de artigos para enriquecer a discussão da agenda positiva do País

23/10 SEXTA

  1. NO ESTADÃO. Artigo de Marina Medeiros. Análise: Serviços de qualidade dependem de políticas públicas baseadas em evidências. Este é o caminho para que gestores públicos mitiguem as dificuldades, riscos e custos e consigam garantir o acesso à serviços públicos de qualidade à população.
  2. NO VALOR. Sylvia Coutinho. O país das finanças verdes? Limitações de recursos naturais, mudanças de clima e questões sociais são potenciais riscos à retomada econômica.
  3. NO VALOR. Edvaldo Santana. O desequilíbrio estável. Entre 2012 e 2020 foram editadas 17 MPs para o setor elétrico, mais de duas leis por ano.
  4. NO VALOR. Entrevista com Alejandro Werner, diretor do departamento para o Hemisfério Ocidental do FMI. Teto é essencial, mas tirar todo apoio fiscal pode afetar retomada.
  5. NA FOLHA.Artigo de opinião. Ensaio de privatização. Governo anuncia estudo para vender os Correios, mas inoperância é obstáculo
  6. NO ESTADÃO. Elena Landau. ‘Me chame pelo meu nome’. PEC do Amanhã se resume a uma reforma administrativa do ‘poder executivo civil’.
  7. NA FOLHA. Djamila Ribeiro. O Brasil é um país ou um abatedouro de mulheres? Artigo sobre os dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública.

Receba a curadoria todos os dias em seu email

Compartilhe conhecimento